A decisão de engravidar

cegonha

Há um mês atrás descobrimos que eu estava grávida! Tenho 35 anos e tomava pílula há mais de 18 anos que tanto eu quanto outras pessoas imaginavam que quando eu resolvesse ficar grávida iria demorar meses ou mesmo anos. Para nossa agradável surpresa eu engravidei de primeira tentativa.

Eu havia parado com a pílula há cerca de seis meses pois eu queria desentoxicar meu organismo e logo quando resolvemos realmente deixar qualquer proteção de lado a cegonha apareceu!

Quando eu leio depoimento de outras mulheres fico pasma quando vejo coisas do tipo “sempre quis ser mãe” ou “meu sonho é ter quatro filhos”.

Eu nunca fui assim, pelo contrário, sempre me questionei porque as pessoas ainda têm filhos. Dei prioridade ao meu trabalho e estudos e eu sempre afirmei que só teria filhos se um dia achasse que era a hora certa. Se essa hora nunca chegasse eu provavelmente nunca teria filhos.

Os anos foram passando eu quis fazer outra faculdade, arrumei um emprego, me tornei independente financeiramente, comecei a viajar muito para competições e festivais de dança, para meus retiros espirituais ou seja tenho a vida cheia e faço tudo o que eu gosto.

Mas de um tempo pra cá eu já não estava achando legal essa correria. Eu estava numa fase onde viajar era um martírio. Tudo que eu queria era ficar em casa com Boris (golden retriever), Astro (meu gato british) e meu namorido.

Achei estranho essa mudança em mim, mas acho que era o tal do relógio biológico dizendo “é hora de cuidar do ninho”.

Eu ainda não sei qual é a razão do porque as pessoas ainda tem filhos, mas agora será a minha vez de descobrir.